Devo tornar o diagnóstico algo “restrito” aos mais próximos?

Não é raro ter que conviver com o sentimento de “pena” por parte de algumas pessoas. Isso pode fazer com que nos sintamos mais introvertidos e desconfortáveis no convívio social (passear no shopping, participar de festas, etc.).

Diversos pacientes pensam em tornar a doença conhecida apenas por pessoas muito próximas, como familiares e amigos mais íntimos, que serão mais atenciosos e entenderão melhor a situação. (mais…)

A quem contar sobre o câncer

Fui diagnosticado: devo contar para minha família e amigos?

De vez em quando você vai acabar se deparando com o sentimento de “pena” por algumas pessoas. Isso pode te fazer pensar em tornar o câncer algo “restrito” e não querer falar sobre o assunto.

Mas saiba que você vai precisar da ajuda da sua família e amigos e, cedo ou tarde, eles vão ter que saber… (mais…)

pessoa querida com câncer

Uma pessoa querida está com câncer, mas moro longe dela. O que faço?

Um amigo ou parente foi diagnosticado, mas a distância te impede de estar sempre com ele. Nem sempre pode ser possível acompanhá-lo no hospital, consultas ou sessões de quimioterapia.

No início do diagnóstico, o paciente provavelmente estará cercado de atenções. Neste momento, vale a pena fazer um esforço de visitá-lo, pois é importante para ele se sentir apoiado e saber que pessoas importantes estão ao seu redor. (mais…)

Como lidar com mudanças de comportamento de pessoas queridas ao meu diagnóstico?

Ser diagnosticado é sempre um impacto, não apenas para você, como também para sua família e amigos.

  • Independente do estágio da doença, o medo “toma conta”.

No início as pessoas próximas tendem a não aceitar, ficarem tristes ou até mesmo com raiva por ter acontecido com você, alguém que eles amam e querem bem. (mais…)

como ajudar alguém que foi diagnosticado?

Ajudando alguém que acabou de ser diagnosticado

Uma pessoa querida, que você ama, descobriu que está com câncer. E agora?

Saiba que você faz parte do tratamento e tem um papel muito importante de apoiar e motivar o paciente a seguir em frente. (mais…)

apoio da família e amigos

Qual é o papel da família e dos amigos?

Por mais esperançoso e confiante que você esteja diante do tratamento, é comum que se sinta desmotivado e ainda apresente mudanças de comportamento, como mau humor e desejo de ficar sozinho.

A esperança e o pensamento positivo contribuem para o processo de cura, por isso, é fundamental manter a calma. (mais…)

Como falar à minha família que tenho câncer?

Perder o chão. Perder a fala. Sentir-se perdido. Sensações e sentimentos que expressam vagamente o que se passa na cabeça (e no coração) de quem recebe a notícia de que está com câncer. Apesar disso, a pergunta que muitas vezes surge é: Como falar à minha família que tenho câncer?

É muito comum que a pessoa diagnosticada se preocupe com a família e os amigos tanto quanto consigo mesmo: “Como vou dar a notícia?”. (mais…)